Dormência e formigamento: sintomas podem significar hérnia de disco

Portal IdMed | Terra

Dores nas costas: quem nunca sofreu alguma vez com elas, não é mesmo? No entanto, um tipo peculiar de dor na região, que é localizada mais na região lombar e que muitas vezes se irradia para as nádegas e para a parte inferior de uma ou duas das pernas, também traz preocupações, especialmente para aqueles que trabalham com esforço físico. É a dor no nervo ciático.

As dores ciáticas são um sintoma, em 90% dos casos, da hérnia de disco – um problema que atinge 5 milhões de brasileiros, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essas dores muitas vezes são acompanhadas também de dormência e formigamento e, em outros 10% dos casos, podem estar relacionadas a fatores como postura inadequada, atividades físicas pesadas e até mesmo tumores.

Saiba mais sobre alguns desses sintomas na entrevista com o neurocirurgião especialista em coluna, Alexandre Elias.

Dormência e formigamento são sintomas exclusivos de problemas relacionados a dores no nervo ciático e da hérnia de disco ou também podem ter relação com outras intercorrências?

A dormência e o formigamento irradiados para os membros inferiores, em muitos casos, estão relacionados à compressão das raízes nervosas, dentro da coluna, que formam o nervo ciático (responsável pela maior parte da inervação da perna). Porém, há outras causas para esses sintomas, como, por exemplo, um tumor na região da coluna que pode comprimir as raízes nervosas e apresentar um quadro clínico semelhante. Outra causa é a polineuropatia periférica, que é uma doença que afeta a parte externa dos nervos, acarretando dormência nas pernas.

A dormência e o formigamento costumam ser acompanhados de dor sempre ou, em alguns casos, esses sintomas não aparecem simultaneamente?

A dor está presente em praticamente 100% dos casos. É uma dor que desce pela perna, que normalmente piora ao deambular, e é associada ao formigamento e/ou dormência. Em casos de hérnia de disco associada à compressão do ciático, normalmente, a dor irradiada para a perna é muito mais intensa que a dor na coluna.

 

No aparecimento desses primeiros sintomas, qual é a recomendação dada aos pacientes?

Sempre que aparece uma dor, devemos procurar um médico para um diagnóstico preciso e um tratamento adequado. Lembrando que a dor é nossa amiga, ela avisa que algo está errado e devemos procurar ajuda.

 

Existe alguma forma de prevenir a hérnia e as dores no ciático ou, dependendo da causa, é impossível fazer essa prevenção?

O aparecimento de pequenas hérnias ou bicos de papagaio é comum, em nós seres humanos, à medida que envelhecemos. Essas alterações são chamadas de degenerativas. Se vão ocorrer mais ou menos alterações ou de forma mais precoce ou tardia, dependerá da genética do indivíduo. Portanto, apesar das hérnias existirem em muitas pessoas, o interessante é que não causa sintomas na maioria delas. Podemos tentar prevenir crises de coluna mantendo um peso adequado, praticando atividades físicas, realizando movimentos com posturas corretas (no RPG – Reeducação Postural Global – se aprende essas posturas), cuidando para ter um sono reparador, etc.

 

Quais são as recomendações para quem pratica exercícios físicos e/ou trabalha com esforço físico e, consequentemente, está mais sujeito a ter problemas com essas dores, dormências e formigamentos?

O recomendável é realizar uma reeducação postural. O RPG são sessões de fisioterapia em que o paciente tem sua musculatura paravertebral fortalecida e aprende as posições corretas para suas atividades do dia a dia, a fim de evitar crises de coluna. Aprende-se desde como se levantar da cama e escovar os dentes até como carregar um peso de forma correta.

Ver matéria original

} ?>