sono

Coluna precisa de atenção ao dormir tanto quanto nas atividades diárias

Você sabia que o ato de dormir também necessita de atenção? Assim como nossa mente, que precisa se desligar dos problemas do dia a dia para descansar, o corpo também precisa de cuidados especiais para garantir seu devido relaxamento e evitar os famosos problemas de dores e cansaços do dia seguinte.

Isso signfica que se você dormir adequadamente, as sobrecargas diárias também serão amenizadas. Ou seja, tão importante quanto ter atenção à postura ao trabalhar, praticar atividades físicas etc., é o de ter ao dormir, visto que a coluna também é exigida, seja pelo peso e posição do seu corpo, seja pelo colchão e travesseiro que utiliza.

Mesmo quem não consegue investir em produtos de qualidade, pode adotar algumas atitudes simples para evitar as crises dolorosas e garantir um dia mais produtivo.

Vamos a algumas dicas?

Posição: a posição ideal para deitar-se é a lateral, com as pernas flexionadas e com um travesseiro entre os joelhos.

Se preferir dormir de barriga para cima, coloque um travesseiro debaixo dos joelhos, para mantê-los levemente flexionados

Evite ao máximo dormir de barriga para baixo, mas caso não consiga, então coloque um travesseiro debaixo da barriga, sem utilizar o outro sob a cabeça.

Colchão: é importante ter um colchão de boa qualidade e com densidade adequada ao biótipo de cada pessoa. Ele não deve ser muito macio nem muito firme, e sua densidade da espuma deve variar com o peso da pessoa.

Travesseiro: o ideal é que o travesseiro alinhe sua cabeça com a altura do ombro/coluna, não sendo mais alto ou mais baixo. Atenção ao material, que preferencialmente deve ser de espumas mais resistentes, que não cedem com o peso da cabeça e duram mais tempo.

Tanto no colchão como no travesseiro, importante observar os prazos de validade.

Por último, lembre-se: se você toma todos os cuidados de postura durante o dia e a noite e mesmo assim apresenta dores constantes, persistentes, é aconselhável que procure um especialista para a devida investigação dos motivos para a ocorrência da dor lombar. Atualmente, uma ampla gama de recursos permite o restabelecimento da qualidade de vida para a grande maioria dos distúrbios.

} ?>