O Site
Este site tem o objetivo de fornecer informações didáticas a respeito das principais doenças que acometem a coluna, assim e suas opções de tratamento, com especial destaque para os procedimentos cirúrgicos, especialidade de seu idealizador. Desta forma, não visa receitar qualquer conduta médica, mas sim proporcionar conhecimento para que os visitantes tenham mais autonomia na escolha da terapia que lhes proporcione mais qualidade de vida.
Conheça o dr. Alexandre Elias
Mestre pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), research fellow em cirurgia da coluna vertebral na University of Arkansas for Medical Sciences (EUA), doutor Alexandre também tem título de especialista pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) e pela Sociedade Brasileira de Coluna Vertebral (SBC).

Notícias

Cinco informações que você precisa saber sobre a escoliose


[caption id="attachment_299" align="alignleft" width="640" caption="Infográfico Entendendo a escoliose. Clique para ampliar!"][/caption] Considerada um desvio anormal da coluna vertebral, a escoliose pode ter origem congênita (de nascença), neuromuscular ou idiopática (sem causa definida).  Embora ela não costume gerar dor, sendo tratada com a reeducação postural e uso de coletes, há casos graves em que apenas com cirurgia é possível corrigir o desvio. Para esclarecer a população sobre a doença, reuni cinco informações importantes: 1. Quais os fatores de risco para o surgimento ou agravamento da escoliose? Apesar de ter causas diferentes, principalmente a do idoso, pode evoluir pelos mesmos fatores, como a má postura ao sentar, levantar ou carregar peso; sedentarismo em geral; sobrecarga da coluna com excesso de peso de bolsas, caixas, compras, entre outros; e uso excessivo de salto alto. 2. Em que idade a doença é mais comum? A escoliose costuma ser diagnosticada com mais prevalência na adolescência, na fase do crescimento, e por isso é conhecida por atingir mais crianças e jovens. Isso não impede, no entanto, de ela ocorrer também em adu...